Amsterdam, a Veneza do Norte

Finalmente, depois de descansar alguns dias da viagem, estou de volta, 100% ao blog. Este post contará o início de uma viagem que durou 17 dias. Eu e meu marido passamos por seis cidades, quatro países, e eu vou tentar passar pra vocês o que vimos por lá. É tanta coisa, são tantos detalhes, tantas curiosidades, que fica até difícil resumir isso em palavras, mas vamos lá, as fotos e vídeos irão me ajudar.

Amsterdam, capital da Holanda, foi o nosso ponto de partida. Uma cidade com quase 800 mil habitantes. Lindaaaa!!! Uma grande cidade, mas que consegue manter o aconchego de uma cidade pequena, com suas ruas estreitas, prédios belíssimos que datam do século 13 e, claro, os diversos canais. Não é a toa que a cidade ficou conhecida como a Veneza do Norte.

Amsterdam: cidade grande, mas com o aconchego das pequenas

Acredito que a primeira impressão ao chegar em um país novo, normalmente, será de estranhamento. Você tenta se localizar, olha ao redor, devagar, estuda o ambiente, e aos poucos vai se habituando. Com Amsterdam não foi diferente. A primeira dificuldade foi encontrar o hotel, principalmente pela cidade estar rodeada de rios e nosso hotel ser do outro lado das águas. Depois de algum tempo perdidos, encontramos o bendito, nos acomodamos, estava um frio (em plena primavera, quase verão). Detalhe, nosso hotel era um botel, ou seja, um hotel-navio. A experiência foi boa, mas será única, hehehehehe … Os quartos dos hotéis-navios são apertados e abafados.

A experiência de dormir em um hotel-navio foi boa, mas será única, rsss ...

Devido a grande quantidade de canais e as várias inundações que sempre atormentaram os holandeses, surgiram as casas flutuantes, lindas casinhas em cima d’água, que acabaram se tornam uma outra atração na cidade (assista vídeo). A casa flutuante também é uma solução para a falta de espaço nas cidades. Assim como qualquer outra casa, também estão sujeitas a impostos e qualquer outra taxa pública.

Casas flutuantes: solução encontrada para as inundações

As bicicletas também tornam Amsterdam uma cidade única. Mais do que um meio de transporte, se tornou um estilo de vida. É impressionante a quantidade de bicicletas. São milhares!!! O legal é ver as mulheres muito bem vestidas e pedalando, e olha que lá as bicicletas são capengas. Não são essas super potentes que vemos por aqui. Lá, o único propósito da bike é a locomoção, eles não estão nada preocupados se a bicicleta é bonita, sem tem marcha, se é de marca, …. O coletivo lá vale mais do que o individual, o respeito e as prioridades do trânsito de Amsterdam são uma prova disso.

Da uma olhada no estacionamento de bicicletas ao fundo

Outra coisa que me deixou de boca aberta é como todos os veículos de locomoção convivem muito bem, e em uma rua não muito grande. A prioridade são as bicicletas, depois vêm os trams (os ônibus elétricos), logo em seguida os ônibus comuns e, por último, no fim da listas, os carros.

Para o turista com pressa, o melhor meio de locomoção são os trams que percorrem toda a cidade, tem os metros também que são óotimos. Mas para os que tem um tempinho extra, a bicicleta é a melhor forma de desvendar a cidade.

Depois das bicicletas, os trams (ônibus elétricos) são a melhor forma de locomoção

A viagem por Amsterdam ainda não acabou. No próximo post falo sobre o Red Light District, o bairro mais liberal do mundo. Não percam!!!

Anúncios

Sobre Vanessa Bellei

Duas irmãs que tem em comum a paixão por viagens.
Esse post foi publicado em Viagens e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Amsterdam, a Veneza do Norte

  1. Andréa disse:

    Quantas curiosidades sobre Amsterdam. esse lance das bicicletas é bem interessante… bem que podiam adotar esses meios de transporte alternativo aqui no Brasil também. Eu tenho uma bike, mas toda vez que saio nas ruas de Maringá fico morrendo de medo de ser atropeladas, o que já quase aconteceu por pelo menos três vezes. E o bom que quando todo mundo usa, como lá, deve existir muito respeito… Quero saber mais de Amsterdam… essa cidade belíssima!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s